Políticas para o setor de transporte e as eleições municipais de 2012: fique atento, transportador!

Conteúdo original Transporte Seguro.

O setor de transporte deve ficar atento às eleições municipais de 2012. Muitas questões que preocupam o transporte rodoviário de cargas e de passageiros estão relacionadas à administração de nossas cidades. Isso deve ser levado em consideração quando o profissional destes setores decidir declarar apoio a determinado candidato. Você já analisou quais as propostas daqueles que concorrem às prefeituras e câmaras municipais quanto a esses temas? Caso o concorrente de sua predileção já tenha sido vereador ou prefeito, você sabe sabe qual foi sua atuação para lidar com problemas relativos ao transporte e mobilidade urbana? Como eleitor e profissional do setor de transporte, é de fundamental importância que pesquise o plano de governo, propostas e a vida pregressa de seu candidato. Vejamos alguns exemplos da relação entre administração municipal e problemas na área de transporte.

Gilberto Kassab (PSD), atual prefeito da cidade de São Paulo, aumentou a restrição à circulação de caminhões em grandes vias da cidade – com destaque para a marginal do Tietê. Isso constava de seu programa de governo? Ele havia dito que faria isso em algum comercial da campanha eleitoral? Ou foi algo que surpreendeu o setor? Vale lembrar que tal medida provocou uma greve de caminhoneiros autônomos responsáveis pelo transporte de combustíveis para o abastecimento aos postos da cidade de São Paulo. Tal movimento foi tratado de forma bastante dura tanto pela prefeitura quanto por órgãos de imprensa. Esse é um bom exemplo de como a política municipal pode afetar a vida dos transportadores.

Outro caso interessante vem da cidade de Belo Horizonte (MG). Atualmente administrada por Marcio Lacerda (PSB), a cidade já teve prefeitos filiados ao PT (Célio de Castro, Patrus Ananias e Fernando Pimentel). O trânsito da capital mineira beira o caos, com aumento dos congestionamentos, motoristas estressados e a eterna promessa de ampliação do metrô. Atualmente, estão em execução obras de melhoramentos viários, construção do sistema de BRT e a contratação do projeto para ampliação da rede de metrô. Será que, finalmente, a situação do trânsito irá melhorar? Mesmo com o andamento de tais obras, cabe questionar se são necessários quatro anos de mandato para o pontapé inicial à ampliação do metrô – meio de transporte que pode oferecer uma melhora efetiva à mobilidade urbana. Também devemos perguntar qual a explicação das administrações anteriores para relegar as melhorias viárias ao segundo plano, sempre. Isso tudo sem contar a baixa qualidade do transporte coletivo por ônibus, sempre criticado pelos habitantes da cidade. O transportador deve lembrar que o congestionamento não distingue entre veículos grandes ou pequenos: a carreta e o carro ficam queimando combustível do mesmo modo enquanto o tráfego não anda.

Por outro lado, há bons exemplos a serem seguidos. A cidade de Curitiba (PR), ao longo das últimas décadas, prefeito após prefeito, é elogiada por seu sistema de transporte público com corredores exclusivos para ônibus e modernas estações de embarque – muito antes do termo BRT se tornar moda no Brasil. Em Porto Alegre (RS), a Carris, empresa de transporte coletivo, costuma ser citada como modelo a ser seguido. Trata-se de uma sociedade de economia mista, com o controle acionário da Prefeitura de Porto Alegre, e que, ao longo dos anos, se notabilizou pela qualidade do serviço de transporte por ônibus oferecido. Novamente, cabe lembrar que um trânsito civilizado em área urbana colabora para tornar o trabalho do transportador muito mais fácil. Tanto para as carretas que precisam atravessar uma cidade, quanto para os pequenos caminhões que fazem serviços de coleta e entrega.

Quando for depositar seu voto na urna ou declarar que apoia o candidato “X” ou “Y”, amigo transportador, pense em todas essas questões.

—–

Para facilitar seu trabalho de análise de programas de governo, o Portal Transporte Seguro fez um grande resumo da corrida eleitoral em algumas das principais capitais do país. Pesquise, analise, desconfie, questione. Quase todo transportador trabalha em uma cidade e os caminhões de sua empresa sempre precisarão, em algum momento, encarar vias urbanas. O seu voto pode decidir se a carreta vai ficar mais ou menos tempo presa no engarrafamento.

A corrida eleitoral:

São Paulo (SP):

  • Pesquisa DataFolha (20/09/2012), margem de erro de 2%:

1º Celso Russomano (PRB): 35% – Plano de governo aqui.

2º José Serra (PSDB): 21% – Plano de governo aqui.

3º Fernando Haddad (PT): 15% - Plano de governo aqui.

4º Gabriel Chalita (PMDB): 8%  - Plano de governo aqui.

5º Soninha (PPS): 4% – Plano de governo aqui.

(Outros candidatos: Giannazi/PSOL, Ana Luiza/PSTU e Paulinho/PDT pontuaram 1%, os demais não pontuaram).

  • Pesquisa Vox Populi (24/09/2012), margem de erro de 2,2%:

1º Russomano (PRB): 34%

2º José Serra (PSDB): 17%

2º Fernando Haddad (PT): 17%

4º Gabriel Chalita (PMDB): 5%

5º Soninha (PPS): 2%

(Outros candidatos: Paulinho/PDT e Levy Fidelix/PRTB, 1%; os demais não pontuaram).

*Observação: Considerando a polêmica envolvendo os números de pesquisas eleitorais na cidade de São Paulo, em especial quanto à definição do segundo colocado, decidimos mostrar os resultados dos institutos DataFolha e Vox Populi. Cabe ao eleitor pesquisar a metodologia de cada instituto e avaliar qual deles oferece maior credibilidade.

Rio de Janeiro (RJ):

  • Pesquisa DataFolha (12/09/2012), margem de erro de 3%:

1º Eduardo Paes (PMDB): 54% - Plano de governo aqui. Candidato concorre à reeleição.

2º Marcelo Freixo (PSOL): 18% - Plano de governo aqui.

3º Rodrigo Maia (DEM): 4% - Plano de governo aqui.

4º Otavio Leite (PSDB): 3% - Plano de governo aqui.

(Aspásia/PV, 2%; Cyro Garcia/PSTU, 1%; os demais não pontuaram).

Belo Horizonte (MG):

  • Pesquisa DataFolha (12/09/2012), margem de erro de 3%:

1º Marcio Lacerda (PSB): 49% - Plano de governo aqui. Candidato concorre à reeleição.

2º Patrus Ananias (PT): 31% - Plano de governo aqui.

3º Vanessa Portugal (PSTU): 2% - Plano de governo aqui.

(Alfredo Flister/PHS, Maria da Consolação/PSOL e Tadeu Martins/PPL pontuaram 1%; os demais não pontuaram).

Porto Alegre (RS):

  • Pesquisa Ibope (21/09/2012), margem de erro de 3%:

1º José Fortunati (PDT): 45% – Plano de governo aqui. Candidato concorre à reeleição.

2º Manuela D’Ávila (PCdoB): 28% – Plano de governo aqui.

3º Adão Villaverde (PT): 10% – Plano de governo aqui.

(Wambert Di Lorenzo/PSDB e Roberto Robaina/PSOL, 2%; os demais não pontuaram).

Curitiba (PR):

  • Pesquisa Ibope (14/09/2012), margem de erro de 3%:

1º Luciano Ducci (PSB): 31% – Plano de governo aqui. Candidato concorre à reeleição.

2º Ratinho Júnior (PSC): 30% – Plano de governo aqui.

3º Gustavo Fruet (PDT): 16% – Plano de governo aqui.

4º Rafael Greca (PMDB): 8% – Plano de governo aqui.

(Bruno Meirinho/PSOL e Alzimara Bacellar/PPL, 1%; os demais não pontuaram).

Salvador (BA):

  • Pesquisa Ibope (13/09/2012), margem de erro de 4%:

1º ACM Neto (DEM): 39% – Plano de governo aqui.

2º Nelson Pelegrino (PT): 27% – Plano de governo aqui.

3º Mário Kertész (PMDB): 6% – Plano de governo aqui.

4º Márcio Marinho (PRB): 3% – Plano de governo aqui.

(Hamilton Assis/PSOL, 2%; Da Luz/PRTB, 1%).

Recife (PE):

  • Pesquisa Ibope (23/09/2012), margem de erro de 3%:

1º Geraldo Júlio (PSB): 39% – Plano de governo aqui.

2º Daniel Coelho (PSDB): 24% – Plano de governo aqui.

3º Humberto Costa (PT): 16% – Plano de governo aqui.

4º Mendonça Filho (DEM): 4% – Plano de governo aqui.

(Edna Costa/PPL, 1%; os demais não pontuaram).

—–

*Imagens: Divulgação.

*Os dados dos levantamentos eleitorais citados acima foram amplamente divulgados em diversos meios de comunicação.

About these ads

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

WordPress.com Logo

Você está comentando usando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando usando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando usando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Conectando a %s

VIAMGES Administradora e Corretora de Seguros

A VIAMGES Administradora e Corretora de Seguros é responsável pela manutenção e atualização do Portal "Transporte Seguro" - todos os direitos reservados.

Novo Endereço: Avenida Cristiano Machado, 1682 - Loja 10 - Edifício Tiffany - CEP: 31170-800 - Belo Horizonte (MG)

Fones: (31) 3484-0415 e 3484-0416 - E-mail: viamges@viamges.com.br
Skype: viamges - Twitter: @transp_seguro